segunda-feira, março 15, 2010

Time.



Você olha pra suas fotos antigas e não consegue se enxergar. 
Você lembra de frases ditas e atitudes tomadas e as trata como se fossem de um outro alguém.
Você aprende que não há amor que não acabe, doença que não se cure, não há estrada sem fim. 
O caminho, sim, é sem fim. Basta torcer para estar percorrendo o caminho certo. 
Basta perceber que o seu caminho é errado e esperar pelo próximo retorno.
É uma estrada de duas mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou dessa postagem? Devia comentar.
Sua opinião é muito importante! (: