domingo, agosto 08, 2010

SEM TITULO, COM VONTADE.



Eu tinha apenas 14 anos, e já achava que eu sabia demais. 
Tudo que eu tinha era um quarto e o dinheiro dos meus pais, 
e alguns amigos que cabiam em uma mão.
É tão vazio, tão frio, tão fora do lugar. 
De quê adianta abrir os olhos,
se sei que os flashes são pra me cegar,
esses abraços são pra me amaldiçoar, 
eu nunca te obriguei a me ouvir gritar.
Eu procurei, eu juro que tentei não falar mais de mim... 
Mas eu sou assim,
eu tenho muita história pra contar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou dessa postagem? Devia comentar.
Sua opinião é muito importante! (: