sábado, fevereiro 05, 2011

Sais



Ao sentir o gosto da milésima lágrima que deixava meu rosto cada vez mais escorregadío, encima de minha língua parecia habitar um mar que ficava cada vez mais salgado! Ao piscar de olhos comecei a comparar, lágrimas com água do mar. Aliás, o quê havia de diferente nelas? A duas deixavam meu rosto oleoso e diziam "adeus" a minha maquiagem.

Tinham quase o mesmo gosto, porém pesos diferentes. Algumas águas do mar mesmo vindo nas ondas mais fortes da praia, não pesam nem a metade do que uma lágrima derramada por um coração partido. Um peso medonho capaz de derrubar uma grande garota rapidinho, e afogá-la em extrema dor em instantes. Mais rápido do que seu mergulho, ou o piscar de seus olhos.


São diferentemente distintas, e aparentemente enganosas. 
Cuidado da próxima vez que cair um cisco e você for tomar banho de mar, se é que me entende.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou dessa postagem? Devia comentar.
Sua opinião é muito importante! (: