quarta-feira, março 09, 2011

Buracos Do Coração



De uns tempos pra cá a minha "bomba" de pulsar sangue, mais conhecida como coração. Ficou com característica de mais buracos espalhados do que em todo o corpo do bob esponja. E nesse último mês, esses tais buracos se entupiram mais do que meu nariz! No começo eu não soube como lidar, não sabia até onde era bom ou ruim e resolvi apenas seguir. O lado negativo de ter um vaso completo é que a qualquer momento ele pode quebrar. Já os cacos já passaram por isso e estão supostamente imunes. Mas quando se trata de órgão quase controlador, é outra coisa. Ele quer sempre acreditar, se recompor, e até quebrar de novo. Fica um ciclo sem fim de espuma acumulada que vai e volta, como uma gangorra ou quase como um iô-iô que uma hora para no ar.

Da próxima vez que sentir que algo entope os buracos do meu coração por nenhum minuto pensarei. Delicadamente com uma pitada de perseverança no olhar, soprarei até se tornar inúmeras bolhas de sabão pelo ar. E irei expôr cada buraco com orgulho para mostrar e dizer "mesmo depois disso, ainda estou aqui". Como um urro de vitória e força de dentro para fora.


2 comentários:

O que achou dessa postagem? Devia comentar.
Sua opinião é muito importante! (: