quinta-feira, março 31, 2011

Entrevista: Kéfera!





- Qual o significado por trás do nome do seu canal no youtube, 5 minutos?
A intenção do nome foi dar a idéia de que o canal teria vídeos rápidos de no máximo cinco minutos. Um jeito de dizer que os vídeos não seriam massantes, e sim, algo direto com conteúdo denso.

- De onde você tira os temas pra cada vídeo?
Do meu cotidiano na maioria das vezes, claro que, como faço teatro.. Às vezes em algum exercício durantes as aulas, eu me inspiro pra fazer algum personagem, e aí... tendo o personagem, preciso de um tema! Aí eu começo a pensar em assuntos que se relacionem com o personagem que eu criei.



- Seus vídeos tem bastante visualizações. Como isso aconteceu? E qual foi sua reação?
Pois é! Até eu fiquei surpresa. Quando fiz o primeiro vídeo, eu tinha apenas 186 followers no twitter, só amigos e conhecidos mesmo... Divulguei o link, e meus próprios amigos deram RT. E foi através dos RT's que a coisa toda aconteceu... De repente meu vídeo já estava sendo divulgado em comunidades com mais de 65.000 membros no orkut. Com 4 dias de vídeo, chegou a 12 mil visualizações... Pra um PRIMEIRO vídeo, em um canal desconhecido e novo, é bastante...

- Em alguns vídeos, sua mãe e seu irmão participaram. Eles já assistiram a todos os seus vídeos?
Sim, sim. Minha mãe é a minha aliada (haha), ela sabe tudo sobre todos os vídeos, e ela é a primeira pessoa que eu falo e compartilho uma idéia quando tenho um tema pra vídeo... Ela dá idéias e sempre se oferece pra ajudar, ela gosta bastante do canal, às vezes eu chego no quarto dela e ela está lá no 5incominutos revendo os vídeos antigos e dando risada... Maaas... Já sabem, né? Mãe é mãe. E como minha mãe é super coruja, ela fica me idolatrando o tempo inteiro, o que pra mim é ótimo, amo minha mãe do jeitinho que ela é! Se todos tivessem uma Dona Zeiva em casa, o mundo seria melhor! (hahahaha)

- Ter um vlog ta meio na moda atualmente, mas são poucas as meninas que fazem vlogs no youtube. Pelo fato de você ser uma menina, percebe que tem algum tipo de preconceito, comentários ofensivos e coisas do tipo? Como lida com isso?
Já esteve mais em voga... Agora, o número de vlogs não aumenta a cada dia como acontecia há alguns meses atrás, e os que começaram há pouco tempo praticamente não duram muito não... Realmente, o número de meninas vlogueiras é bem inferior ao número de meninos que se arriscam a mostrar a carinha no youtube, e acredito que tem a ver sim com o preconceito. Chega a ser ridículo quando eu vejo alguns comentários do tipo "Nossa, o que essa mina tá fazendo? Quer chamar atenção faz um vídeo pelada!", ou então "Aff... mulher fazendo humor é sempre esse lixo...". Críticas fazem parte da vida de qualquer um... Mas quem tem preconceito com mulheres na net, é digno de pena. Estou sabendo lidar muito bem com as críticas. Quando são construtivas, vejo mais como uma ajuda.



- O que mudou na Kéfera antes e depois de criar o vlog?
A Kéfera antes do vlog, tinha medo de ser criticada, tinha medo de não ser aceita e sempre queria conseguir agradar à todos, o que era impossível... A Kéfera depois do vlog ficou muito mais auto-confiante e aprendeu que pra agradar, não é preciso fazer a vontade de todos ao mesmo tempo, e sim, fazer o que der vontade de fazer sem pensar no que os outros irão achar de você. E olha... deu certo!

- Na sua cidade, existem pessoas que curtem esse seu trabalho? Já aconteceu de te pararem na rua, ou coisa do tipo?
Minha mãe serve? (hahaha), aqui em Curitiba tem bastante gente que me conhece sim, já me pararam nas ruas, shoppings, lojas e boates perguntando "você é a menina dos vídeos?". Eu acho engraçado esse tipo de pergunta, a abordagem da galera é feita de uma forma meio receosa, e eu fico muito alegre de ver que as pessoas assistem. É muito gostoso ouvir aquele "Eu amo seus vídeoooos!". Me faz bem!


- Pra você, o que é inovar um velho conceito?
Acho que uma boa palavra pra definir "conceito", é a palavra variável, uma vez que cada um é cada um e as opiniões divergem de pessoa pra pessoa...Um conceito que possa ser julgado velho pra você, pra mim, pode ser o que há de mais novo no momento. Inovar um velho conceito, pode ser mostrar o diferente pra alguém que não ache o diferente tão legal, mostrando que tudo na vida pode ter seu lado interessante. 
Confira outros vídeos dela em http://www.youtube.com/user/5incominutos
Twitter Oficial http://twitter.com/KehhBuchmann

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou dessa postagem? Devia comentar.
Sua opinião é muito importante! (: