sábado, novembro 17, 2012

Susto de Amar




Por ser tão acostumada a controlar meus sentimentos, e/ou até mesmo nunca conseguir senti-los por completo antes... Assusta-me cada vez que meu vício por ele aumenta. Sendo tão especial, único e sem eu fazer esforço pra isso. Pela primeira vez eu não fiz um acordo interior, de "Vamos nessa, vamos tentar, pode valer a pena, se esforce". Meu coração nunca se contentou com isso, mas sempre pareceu mais seguro, então obedecia. E nunca, ninguém tinha conseguido mudar isso. As palavras bonitas aleatórias não atravessavam minha armadura, entravam pelos meus ouvidos como uma chave na fechadura, que ao contrário de como muitos podem interpretar (de uma forma que completa) eu sempre sentia como uma rotina para um ato constante de abrir e fechar, com benefícios alheios.

Nada parecido de como absorvo cada letra que sai da boca dele, de como sinto até aquelas que nem sequer foram ditas. Da profundez que me atinge, da intensidade que me transborda. Isso me faz enxergar uma certeza enorme de tudo o que me faz estar vivendo o agora. De como toda a proteção se envolveu, e ao invés de evitá-lo entrar... O tornou protegido. Passei dias mergulhando na dúvida, pensando na razão, no porquê, e no fim todas as perguntas eram caladas pelo brilho do seu olhar.

Agora eu já nem sei como definir. As palavras confusas que sempre martelaram na minha mente se tornaram tão leves, que se perderam ao flutuar no céu da minha boca. Hoje sinto o peso apenas das certezas. Não como um peso chato que tenho que carregar, mas que me mantém firme ao chão vivendo esse sonho real.

E é tão engraçado ao recordar das corridas cansativas que me ocupavam antigamente, enquanto hoje caminho calmamente ao lado dele. Sem nenhuma pressa de alcançar a linha de chegada, pois a única coisa que importa é chegarmos juntos. Além de que cada passo no compasso é uma vitória. Como cada degrau que nos ergue, nessa escada sem fim é tão paralisante quanto cada beijo roubado em momento inapropriado.

O que é diferente do que estamos acostumados pode parecer estranho e/ou assustador, mas quando for o melhor a ser seguido você vai sentir. No meu caso, o susto de amar, me fez ter medos até eu perceber o quanto ele foi feito pra mim; ao me causar as melhores sensações, os mais prazerosos sorrisos e ao invés de tentar quebrar minhas defesas, as fortalece.

E eu me sinto tão bem assustada, digo, tão bem feliz. Inovando os conceitos do meu coração.
(Amanda Lima)

Um comentário:

  1. Que lindo texto. Sempre tem aquela pessoa em nossas vidas que consegue mudar tudo e fazer a gente se sentir bem né. Beijão.

    www.detalhesamor.blogspot.com / @keithpappen

    ResponderExcluir

O que achou dessa postagem? Devia comentar.
Sua opinião é muito importante! (: